Área de Assistência à Saúde da Mulher

AMBULATÓRIO DE GENITOSCOPIA

Orientações gerais

A - Encaminhar somente após ter sido examinada pelo ginecologista da Unidade Básica de Saúde.

Critérios para encaminhamentos

1. Colposcopia

1.1. ASCUS (Alterações celulares de significado indeterminado).

- Paciente no menacme: repetir citologia em 6 meses (=ASCUS – US).

- ASCUS – H : encaminhamento imediato.

- Citologia oncótica positiva (ASCUS persistente ou maior) após 6 meses encaminhar.

(Obs: quando apenas ASCUS: repetir coleta após 6 meses e se houver leucorréias, tratar neste intervalo).

 

1.2. Lesão intraepitelial de baixo grau – (NIC I / HPV)

- Repetir citologia no período de 6 meses.

- Encaminhar para colposcopia se positiva após 6 meses.

 

1.3. Lesão intraepitelial de alto grau (NIC II / NIC III).

- Encaminhar sempre com avaliação colposcópica

- Carcinoma IN SITU.

- Carcinoma microinvasor.

- Carcinoma epidermoide.

- Adenocarcinoma IN SITU.

- Adenocarcinoma invasivo.

- AGUS.

- Outras neoplasias malígnas.

 

2. Vaginoscopia

Presença de lesões vaginais:

- ulcerações, manchas hipocrômicas ou hipercrômicas , lesões sangrantes, lesões acuminadas ou sugestivas de HPV / cistos.

- Áreas iodo negativas.  

 

3. Vulvoscopia  

Presença de lesões vulvares como: 

- Ulcerações.

- Área com hipocromias/hipercromias/hiperqueratoses/lesões císticas ou nodulares.  

- Áreas com perda da pilificação.  

- Área com prurido patológico (não causado por leucorréias ou higiene incorreta).  

- Área com lesões acuminada – clínica ou subclínica.  

 

4. Anuscopia  

- Presença de lesões perianais acuminadas.  

- Presença de lesões anais acuminadas.  

 

5. Peniscopia

- Encaminhar para peniscopia somente os parceiros de mulheres infectadas por HPV, que apresentarem lesões macroscópicas.

 

6. Avaliações Colposcópicas  Especias 

6.1. Oroscopia  

- Lesões macroscópicas em boca e cavidade oral.  

6.2. Lesões Acuminadas em Cavidade Nasal 

6.3. Avaliação Acuminada em Cavidade Nasal  

- Lesões genitais e perianais em criança sugestiva de HPV  

 

7. Outras situações  

- Unidades Básicas de Saúde sem ginecologista com exame  Citológico Positivo.  

- Discordância  diagnostica entre a citologia x anatómo patológico.  

- Lesões lodo negativa  importante com citologia  normais.  

- O tipo de patologia ou alteração encaminhada estará também ligado ao grau de dificuldade do colega em tratar  a paciente pela falta de recursos em sua Unidade de Básica de  Saúde.

Lembramos 

A paciente encaminhada deverá estar de posse da ou das Citologias Oncoticas (recentes) colhidas em sua unidade básica de saúde. 

É necessário que haja contra – referência  (carta encaminhamento ) com breve histórico e motivo do encaminhamento.  

Orientações aos Paciente para Encaminhamento  

1 - Paciente  não deve estar menstruada (preferencialmente 8º dia após menstruação).  

2 - Não estar fazendo de cremes vaginais – pelo menos 2 dias antes. 

3 - Não ter atividade sexual 2 dias antes do exame.  

4 - Tratar as leucorréias  ANTES das pacientes comparecerem ao ambulatório para  avaliação  colpocópicas. Isso evitará a remarcação e a perda da consulta.  

5 - Encaminhar exames de anátomo-patológico caso possua.  

6 - Orientar para paciente se possível trazer absorvente   e a não fazer duchas vaginais  antes da consulta.  

7 - Homens e mulheres devem ser orientados a realizarem higiene local apenas.  

8 - Homens encaminhados para peniscopia  deverão aparar  os pelos genitais para facilitar o exame.

9 - Orientar a paciente que o exame é importante que seja feito   e que não será  nenhum  tipo  de tortura ou irá  causar dor extrema . Solicite  também pare  que ela não falte a consulta que estará com data e hora previamente  marcada.

Telefone para contato: (3232-5054).