Atenção à Saúde

Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Básica / Saúde da Família

 

Coordenação: Bárbara Grazielle Ramos

Endereço: Avenida Anchieta, 200 - 19º andar - Paço Municipal - Centro - CEP 13015-904

Telefone: (19) 2116-0883 / (19) 2116-0654

E-mail: sms.coremu@campinas.sp.gov.br

Vínculo: Departamento de Saúde

 

O Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Básica / Saúde da Família da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal de Campinas teve sua primeira turma em 2016, com suas atividades concentradas em centros de saúde no distrito de saúde sudoeste, passando também por alguns serviços da Atenção Secundária e Complexo Hospitalar Prefeito Edivaldo Orsi.

Desde então, o Programa, que inicia atividades com três áreas profissionais da saúde e 12 vagas, passou por dois processos de ampliação e, atualmente, possui vagas para dez áreas profissionais da saúde, com 60 vagas anuais, atuando em centros de saúde de mais três distritos.

 

Objetivo Geral

Formar profissionais de saúde, por meio da educação multidisciplinar em serviço, com visão humanista, reflexiva e crítica para o desempenho de atividades no Sistema Único de Saúde, tendo por base o modelo de atenção proposto pela Estratégia Saúde da Família.

 

Objetivos Específicos

1. Capacitar para atuação em equipe multiprofissional, buscando integração das ações, setores e instituições, bem como ao desenvolvimento da atenção de caráter transdisciplinar, intersetorial e interinstitucional, fundamentado nos princípios e diretrizes do SUS, com foco na determinação social da saúde, segundo a lógica de redes de atenção à saúde, no sentido de qualificar a saúde da comunidade;

2. Fomentar a prática em saúde com foco na integralidade da atenção embasada nas situações de saúde local e adoecimento por meio da combinação de estratégias de promoção da saúde, prevenção de doenças e agravos e atuando sobre a atenção curativa;

3. Reconhecer necessidades de intervenções coletivas e individuais no território de abrangência;

4. Desenvolver habilidades técnicas e científicas, a fim de ampliar a compreensão do ciclo vital e da inserção social dos indivíduos, das famílias, das comunidades e dos diferentes grupos sociais, baseadas nos conceitos de clínica ampliada;

5. Promover o desenvolvimento de competências e habilidades dos residentes na área de atenção, vigilância em saúde e gestão pública em saúde, tornando-os agentes ativos, críticos e criativos. 

6. Desenvolver competências técnico-científicas que possibilitem identificar problemas de saúde prevalentes, intervindo de modo a respeitar as diversidades e especificações de cada área geográfica e/ou região, atuando nos cuidados primários a saúde com alta resolutividade;

7. Desenvolver processos de trabalho voltados à intervenção nos problemas/situações de saúde no contexto individual, familiar e coletivo de forma integrada, respeitando os conhecimentos e valores populares, associados à competência técnica;

8. Estabelecer vínculos com pacientes, família, comunidade e equipes de trabalho, pautados pelo respeito, ética e responsabilidade no cuidado à saúde, desenvolvendo uma prática humanizada e com excelência técnica;

9. Conhecer os processos de trabalho das áreas de apoio que determinam a rotina das Unidades Básicas de Saúde.

 

Profissionais e número de vagas

Estão previstos para o ingresso anual de 60 (sessenta) profissionais residentes de 10 (dez) profissões da saúde: enfermagem (16), fisioterapia (8), nutrição (8), serviço social (4), odontologia (4), farmácia (4), fonoaudiologia (4), educação física (4), psicologia (4), terapia ocupacional (4).

 

Carga Horária

O Programa tem duração de dois anos, totalizando 5.760 horas, divididas em 60 horas semanais. Às atividades teóricas são destinadas 20% da carga horária semanal (12 horas/semanais) e às atividades teórico práticas e práticas, 80% (48 horas/semanais). Os residentes têm direito a, no mínimo, 01 dia de folga semanal e a 30 dias de férias a cada ano

 

Processo Seletivo

O processo seletivo acontece uma vez ao ano e é unificado entre os programas de Residência Multiprofissional em Atenção Básica / Saúde da Família e o Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Integral à Saúde.

Na escolha de vagas, o/a futuro/a residente deve fazer a opção pela vaga no Programa desejado, respeitando os critérios de classificação do processo seletivo. 

 

Projeto Pedagógico do Programa