Atenção à Saúde

Área de Assistência
Saúde do Idoso

 

Coordenação: Miriam Nazareth Berling / Rogério de Oliveira Araújo

Endereço: Avenida Anchieta, 200 - 11º andar - Paço Municipal - Centro - CEP 13015-904

Telefone: (19) 2116-0173 / (19) 2116-0828

E-mail: dptosaude@campinas.sp.gov.br

Vínculo: Departamento de Saúde

 

A Política Municipal do Idoso

O século XX foi marcado pelo grande avanço na medicina, a tecnologia trouxe inovações que possibilitaram prolongar a vida e como resultado houve um aumento da longevidade. Segundo pesquisa divulgada pela Fundação Seade (2016) a sobrevivência média de idade saiu dos 72,39 no ano 2000 para 75,91 em 2014. Em termos percentuais o índice de aumento na expectativa de vida foi de 4,8% e a média na região está maior que a média estadual considerada em 75,65 anos. Em relação às tendências regionais no período para a Região Administrativa de Campinas, formada por 82 municípios estima-se que em 2025 serão 31,8 milhões de idosos no Brasil, o que o torna o 6o colocado no ranking mundial.


A população de idosos do município de Campinas representa 11,5% do total, valor acima da média brasileira (11,34%) com estimativa de vida para 74,9 anos e corresponde a mais de 120 mil habitantes com idade maior que 60 anos. No entanto, esse valor sofre alterações pelo constante crescimento populacional no município. Além disso, há distribuição irregular da população idosa nas macrorregiões, considerando: Região Leste 14,8 % da população, seguida da Região Sul 10,8%, Norte 10,6% e por fim, Regiões Noroeste 8,8% e Sudoeste 8,3%.


Frente a este panorama o Município de Campinas, em ação pioneira no interior de São Paulo, criou um programa específico para sua população idosa baseado na Política Nacional da Saúde da Pessoa Idosa (Portaria No 2.528 de 19 de Outubro de 2006). Esse programa, além de unir as ações já existentes no município em propostas de diferentes secretarias municipais integradas como o SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar), Centro de Vivência dos Idosos, Grupos de Convivência para Idosos, entre outras atividades, desde abril de 2008 conta com um Centro de Referência à Saúde do Idoso (CRI) em que a população acima de 60 anos, após avaliação de fragilidade em Saúde (Avaliação Breve da Pessoa Idosa – MS) no Centro de Saúde de sua referência, poderá ser encaminhado para atendimento especializado por Médico Geriatra, Fisioterapeuta, Nutricionista, Psicólogo, equipe de Enfermagem, Fonoaudiólogo, Terapeuta Ocupacional, Assistente Social e Assistência Farmacêutica em unidade própria, específica.


Em todo o município, dentro do programa de acolhimento e avaliação global à população e especialmente para os idosos nas Unidades Básicas de Saúde, faz-se uma proposta de cuidar do envelhecimento populacional com ações de prevenção, promoção e cuidados à saúde na garantia de direitos por meio de agendamento de consultas, encaminhamento às especialidades e exames complementares, além da distribuição de medicamentos de uso crônico (do dia a dia), conforme a disponibilidade apresentada pelo programa municipal de Assistência Farmacêutica.


A Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa é um instrumento de cidadania, no qual a pessoa idosa tem à sua disposição um documento que reúne informações sobre sua saúde ao mesmo tempo em que os profissionais podem acompanhar com regularidade a atualização de dados de cuidado como agendamento de consultas, aferição de valores sobre Pressão Arterial e de Glicemia capilar, atualização de vacinas, medicamentos em uso, número de quedas, entre outras informações relevantes.


A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas por meio do Departamento de Saúde, oferece aos profissionais de toda rede, cursos de capacitação e aperfeiçoamento em temas relacionados à Saúde Global e especialmente à população Idosa, por meio de parcerias com outros departamentos da administração municipal e outros órgãos não governamentais. Além disso, tem expressiva participação em fóruns de discussões intersetoriais na construção e fortalecimento política do idoso por meio de representação no Conselho Municipal do Idoso, monitoramento dos casos de violência contra a pessoa idosa, promoção de atividades em datas comemorativas, discussão com outras secretarias, etc.

 

Cadernos de Atenção Básica
(Ministério da Saúde)

Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa

Avaliação do Idoso

Atividades integrativas em Campinas

Guia para cuidadores

Política Nacional do Idoso

Estatuto do Idoso

Prevenção de quedas em Idosos

Fluxo de violências/saúde do Idoso